LANÇAMENTO DO FÓRUM MUNICIPAL DE

MUDANÇAS CLIMÁTICAS DE NITERÓI
ASSISTA AGORA
Fórum Municipal de Mudanças Climáticas de Niterói, órgão vinculado à Secretaria do Clima, instância de caráter consultivo, com o objetivo de conscientizar e mobilizar a sociedade niteroiense para discutir os problemas decorrentes das mudanças do clima e promover o desenvolvimento sustentável, contribuindo para o crescimento econômico, a preservação ambiental e o desenvolvimento social, conforme os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS, estabelecidos pela Organização das Nações Unidas.

O Fórum é composto por representantes do Poder Público, Academia, Iniciativa Privada e Sociedade Organizada.

PRO

GRA

MA

ÇÃO

PROGRAMAÇÃO

1º de Junho de 2021

8:55 Boas vindas – Fernando Guida

9:00 Pronunciamento – Axel Grael

9:20 Apresentação – Luciano Paez

Panorama climático: visão nacional e internacional

9:40 ICLEI – Ana Wernke/Rodrigo Perpétuo

10:00 Banco Mundial/CIF – Andres Falconer

10:20 CBC – Guilherme Sirkis

10:40 UNESCO – Marlova Noleto

11:00 Setor de Energia – ENEL – Márcia Massotti

11:20 Climate Reality Brasil – Renata Moraes/Sérgio Besserman

11:40 Saudações Internacionais

Apresentação de Experiências Municipais

13:30 Keynote speaker: experiência de Copenhague com as políticas de mudanças climáticas – Lykke Leonardsen

13:50 Setor Acadêmico – UFF – Marcio Cataldi/Larissa Silveira

14:10 Setor de Áreas Verdes – SOS Mata Atlântica – Mario Mantovani

14:30 Reflorestamento Niterói – SMARHS – Rafael Robertson/Fabiana Barros

14:50 Projetos Especiais – EGP – Valéria Braga/Victor Costa Ramos

15:10 Mobilidade Urbana – Niterói de Bicicleta – Filipe Augusto P. Simões/Helena Porto

15:30 Prevenção e Mitigação – SMDCG – Walace Medeiros/Nathália Moura

15:50 Unidade Carbono Zero – SMS – Rodrigo Oliveira

16:10 Unidade Carbono Zero – SME – Vinicius Wu/Livia Ornelas

16:30 Urbanização Integrada – EMUSA – Paulo Cesar Carrera

16:50 Serviços Públicos para o Clima – SECONSER – Dayse Monassa/Mariah Araújo

17:10 Encerramento

PA
LES
TRAN
TES

PALESTRANTES

Prefeito Axel Grael

Axel Schmidt Grael é engenheiro florestal, ambientalista, gestor público e prefeito de Niterói.
Na década de 1970 iniciou suas atividades como ambientalista com a criação do Movimento de Resistência Ecológica (MORE), organização pioneira do movimento no Rio e em Niterói. Liderou iniciativas em defesa da Baía de Guanabara e na campanha que resultou na criação do Parque Estadual da Serra da Tiririca.
Em 1991, foi nomeado para a sua primeira experiência governamental, como presidente do IEF – Instituto Estadual de Florestas. Depois disso, presidiu também a FEEMA – Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente em duas gestões (1999-2000 e 2007-2008) e foi Subsecretário de Meio Ambiente do Estado do Rio de Janeiro. É funcionário público de carreira, aprovado em Concurso Público para engenheiro florestal da Prefeitura do Rio de Janeiro.
De 2013 a junho de 2020, atuou na Prefeitura de Niterói como vice-prefeito (2013 a 2016), secretário Executivo e secretário municipal de Planejamento, participando ativamente, ao lado do prefeito Rodrigo Neves, da captação de recursos, elaboração de projetos e implantação de ações nas diferentes áreas de atuação do Município.
No terceiro setor, destaque para sua atuação no Projeto Grael, fundado em 1998. Desde então, mais de 20 mil jovens e crianças da rede pública de ensino tiveram iniciação esportiva por meio da vela e foram preparados para o mercado de trabalho.

Secretário Municipal do Clima – Luciano Paez

Experiências profissionais recentes: Professor da rede pública estadual (RJ) e privada de ensino. Gestor das Lagunas de Piratininga e Itaipu pela Prefeitura de Niterói; Coordenador do Sucomitê Lagunar Itaipu-Piratininga; Diretor-Secretário do Comitê da Bacia Hidrográfica da Baía de Guanabara e atualmente é Secretário Municipal do Clima – Prefeitura de Niterói – RJ

Possui Graduação e Licenciatura em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Mestrado em Estudos Populacionais e Pesquisas Sociais pela Escola Nacional de Ciências Estatísticas ENCE / IBGE.
Doutorando em Geografia na UFRJ.

UNESCO – Marlova Jovchelovitch Noleto

Diretora e Representante da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) no Brasil. De janeiro a abril de 2021, acumulou a função de Coordenadora Residente a.i. das Nações Unidas no Brasil.
Marlova é mestre em Serviço Social pela Pontifica Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Foi bolsista da Fundação Kellogg e também da Eisenhower Exchange tendo participado de um programa acadêmico e de intercambio profissional para aprofundar seus conhecimentos sobre combate à pobreza, políticas sociais, educacionais, responsabilidade social e filantropia nos Estados Unidos. Marlova aprofundou seus estudos sobre o estado de bem-estar social na Suécia como bolsista da Federação Sueca de Assistentes Sociais e completou o treinamento executivo em Administração pública no Instituto de Administração Pública de Nova Iorque (Estados Unidos).
Marlova foi presidente do Conselho Nacional de Assistência Social – CNAS – de maio de 1994 a junho de 1996, sendo responsável pela concessão dos certificados de filantropia e também do registro das entidades sociais, educacionais, de cultura e de saúde em todo Brasil.
Foi professora universitária de Teoria e Metodologia do Serviço Social na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul de 1987 a 1996. Trabalhou ainda na Federação de Municípios do Rio Grande do Sul, no Governo do Estado do Rio Grande do Sul e na antiga FEBEM. Foi Conselheira da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho, da Fundação Abrinq e do IDIS, entre outros.
Em fevereiro de 1997, Marlova ingressou nas Nações Unidas como oficial de Políticas Públicas e Direitos da infância e juventude do UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância).
Marlova tem vários livros publicados nas áreas do terceiro setor, serviço social, municipalização e direitos humanos, além de vários artigos em revistas especializadas.

ICLEI – Rodrigo Perpétuo e Ana Wernke

Rodrigo Perpétuo é secretário-executivo do ICLEI América do Sul. É doutorando do Programa de Pós Graduação em Ciência Ambiental (PROCAM / IEEUSP), economista pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), mestre em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUCMG). Possui especialização em gestão de negócios pela Fundação Dom Cabral e em Cooperação Descentralizada pela Universidade Aberta da Catalunha. Em sua trajetória foi Chefe da Assessoria de Relações Internacionais do Governo do Estado de Minas Gerais, Secretário Municipal de Relações Internacionais da Prefeitura de Belo Horizonte, além de ter sido professor em instituições como Ibmec, Fundação João Pinheiro e UniBH.

Ana Wernke é Coordenadora de Relações Institucionais e Advocacy do ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade, para o escritório Brasil. É advogada, mestre em planejamento urbano, especialista em Direito Público e Ambiental. Foi Secretária de Meio Ambiente e presidente do Conselho de Meio Ambiente de Santa Luzia/MG e Diretora de Regulação Metropolitana da Agência RMBH/MG. Foi Gerente de Normatização da Secretaria de Meio Ambiente, assim como conselheira do Conselho de Política Urbana de Belo Horizonte/MG e membro do Comitê de Mudança Climática daquela mesma cidade.

CLIMATE REALITY BRASIL – Renata Moraes e Sergio Besserman

Renata Moraes
Apaixonada por seres vivos e aprendizagem, desenvolve sua carreira nas áreas de Educação e Meio Ambiente ao longo de 27 anos de experiência profissional. Nos últimos 5 anos tem vivido seu sonho de transformar o mundo num lugar melhor, tendo a honra de coordenar o Climate Reality Project no Brasil, onde supervisiona, impulsiona e apoia as ações estratégicas de advocacy, educação e engajamento junto a mais de 1200 Lideranças Climáticas.

Sergio Besserman
Coordenador Estratégico do Climate Reality Project Brasil.

Sou ativista desde os 12 anos e rubro negro desde sempre.
Fui presidente do IBGE, do Instituto Pereira Passos e do Jardim Botânico do Rio de Janeiro.
Sou coordenador estratégico do Climate Reality Project Brasil e professor do Departamento de economia da PUC RJ há 40 anos.

UFF – Márcio Cataldi e Larissa Silveira

Márcio Cataldi
Atualmente sou coordenador do curso de Engenharia de Recursos Hídricos e do Meio ambiente da UFF e professor do Departamento de Engenharia Agrícola e do Meio ambiente.
Sou professor do curso de Pós-Graduação em Engenharia de Biossistemas da UFF e colaborador de outros programas de pós graduação da UFRJ e da própria UFF. Minha graduação é em Meteorologia pela UFRJ e tenho Mestrado em Engenharia Mecânica pela
COPPE/UFRJ e Doutorado em Engenharia Civil com ênfase na área interdisciplinar na COPPE/UFRJ. Trabalhei 13 anos no Operador Nacional do Sistema Elétrico e desde 2014 sou professor Dedicação Exclusiva na UFF. Nesse período publiquei mais de 40 artigos em revistas Nacionais e Internacionais 2 livros e mais de 100 artigos em Congressos e Simpósios.

Larissa Haringer Martins da Silveira
Graduada em Engenharia Ambiental pela Universidade Federal Fluminense – UFF, com MBA em Desenvolvimento Gerencial Avançado com ênfase em Gestão de Energia e Eficiência Energética – Laboratório de Tecnologia, Gestão de Negócios e Meio Ambiente da Universidade Federal Fluminense. Atualmente é mestranda do Programa de Pós-graduação em Engenharia de Biossistemas – UFF e atua como coordenadora científica no Laboratório de Monitoramento e Modelagem do Sistema Climático pela coordenação dos Professores Marcio Cataldi e Ivanovich Lache.

CENTRO BRASIL NO CLIMA – Guilherme Sirkis

Guilherme Syrkis é Mestre em Política Energética e Ambiental pela Universidade de Chicago com bolsa integral da Fundação Obama. Atualmente é Diretor Executivo do Centro Brasil no Clima. Foi Assessor Especial do Ministério de Minas e Energia, conselheiro da Zona Franca de Manaus e Co-fundador e Vice-presidente da ABSOLAR.

SOS MATA ATLÂNTICA – Mario Mantovani

Mario Mantovani é geógrafo, especialista em recursos hídricos e ambientalista, um amante da natureza que trabalha em prol do meio ambiente há quase 40 anos. Na Fundação SOS Mata Atlântica desde 1991, coordenou a maior campanha de mobilização em prol da despoluição do Rio Tietê e posteriormente o Núcleo União Pró Tietê. É responsável pela criação da Associação Nacional de Municípios e Meio Ambiente e pela implementação de Consórcios Intermunicipais de Meio Ambiente. Desenvolveu vários projetos e campanhas e atualmente é Diretor de Políticas Públicas, atuando em prol do fortalecimento da Frente Parlamentar Ambientalista e das Frentes Parlamentares Estaduais da Mata Atlântica e fomento aos Planos Municipais da Mata Atlântica.

ENEL – Marcia Massotti

Marcia Massotti
Formada em Economia pela PUC-RJ, com mestrado em Economia com ênfase em Finanças pelo IBMEC-RJ, pós-graduação em Marketing pelo IAG PUC, em Empreendedorismo pela ESPM e em Gestão de Negócios pela Fundação Dom Cabral. Está no Grupo Enel há 12 anos e há seis como diretora da área de Sustentabilidade, sendo responsável pela implementação de toda estratégia de Sustentabilidade do grupo no Brasil. Antes, atuou no mercado financeiro e no setor de telecomunicações. Desde 2017 é membro do Conselho de Administração da Rede Brasil do Pacto Global da ONU.

Banco Mundial/CIF – Andres Falconer

Andres Falconer é consultor do Banco Mundial e dos Fundos de Investimento de Clima dos bancos multilaterais (Climate Investment Funds – CIF), atuando em temas como engajamento de stakeholders, participação da sociedade civil, transparência e governança. Anteriormente, atuou na Europa e Brasil como diretor da Ashoka e da Associação Brasileira para o Desenvolvimento de Lideranças/LEAD Brasil entre outras organizações da sociedade civil. Foi pesquisador e docente do Centro de Empreendedorismo Social e Administração do Terceiro Setor, junto à Fundação Instituto de Administração (FIA) e à Universidade de São Paulo. É mestre em Administração pela USP, com especialização em organizações sem fins lucrativos pela Johns Hopkins University.

Diretora de programa de soluções para cidades resilientes e sustentáveis da Cidade de Copenhague, Dinamarca.

A Sra. LykkeLeonardsen trabalha com desenvolvimento urbano há 25 anos em Copenhague. Isso inclui projetos de regeneração local, políticas urbanas internacionais e comunicação. Desde 2008, atuana Administração Técnica e Ambiental encarregada de tornar Copenhague mais azul e verde –por meio da gestão da água e do planejamento de infraestrutura verde, incluindo a elaboração do plano de Adaptação às Mudanças Climáticas da cidade.

De 2014-2016, foi Chefe da Unidade Climática, responsável pelo programa de Adaptação às Mudanças Climáticas e pelo ambicioso plano da cidade de ser a primeira capital neutra em carbono do mundo antes de 2025. Desde 2016, é Chefe do Programa para soluções de cidades resilientes e sustentáveis. A Sra. Leonardsen tem mestrado em Arqueologia do Oriente Próximo e Mestrado em Políticas Públicas.

PAR
TI
CI
PE

PARTICIPE

Preencha o formulário para receber o link de acesso ao Fórum.

Categoria